PROBLEMAS POSTURAIS APÓS O PERÍODO GESTACIONAL P

problemas posturais após o período gestacional podem ser corrigidos com tratamento fisioterápico
O desenvolvimento gradativo do útero associado a elevação de peso corporal durante a gravidez acarreta em modificações posturais. Isso acontece porque o aumento do volume abdominal gera um desvio de gravidade na gestante que tende a inclinar o corpo para frente.
Esse ato é chamado de mecanismo compensatório e é marcado pelo aumento da curvatura normal da coluna, a lordose lombar. “Essa ação causa uma acentuação da lordose lombar e, consequentemente, gera uma tensão da musculatura paravertebral, sendo esta responsável pela manutenção da postura correta”, explica o fisioterapeuta Helder Montenegro, especialista em coluna vertebral, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna – ABRColuna, diretor do Instituto Pilates.
Influência hormonal nas alterações mecânicas do esqueleto
Além disso, durante o período gestacional, as mudanças hormonais provocam alterações na mecânica do esqueleto feminino. Diante disso, podem ocorrer mudanças do esqueleto como aumento de mobilidade da articulação, principalmente na pelve e sínfise púbica (articulação que une os ramos direito e esquerdo do osso pubiano). “A elevação dos hormônios, em especial o relaxina, também causa flacidez nas articulações dando origem as dores lombares”, afirma o fisioterapeuta.
Essa frouxidão dos ligamentos pode perdurar pelo período de até cinco meses do pós-parto. “Depois do nascimento da criança o corpo passa por uma nova fase de estabilização dos hormônios. Por isso, nesse intervalo é possível que a mamãe ainda sinta os efeitos dos mesmos tanto na sua postura como em outras áreas do corpo. Outra questão é como o abdômen perde o seu tônus, deixa a coluna sem o devido aporte e, com isso, pode resultar em dores na região lombar”, descreve Montenegro.
Técnicas fisioterápicas ajudam a reeducar a postura
Os problemas de coluna - como posturais e incidência de dores - podem ser tratados por meio de algumas técnicas fisioterápicas. Uma das mais conhecidas é a RPG (Reeducação Postural Global). “Através dessa técnica podemos identificar os desequilíbrios que atingem diferentes músculos do corpo. Após a localização dos mesmos, é possível amenizar desde dores cervicais e lombares até problemas respiratórios, desvios e alterações na formação e na arquitetura do corpo”, esclarece o especialista.
Para isso, o tratamento conta com trabalhos respiratórios coordenados, posturais e alongamento objetivando que a paciente desenvolva uma conscientização corporal. “Nesse tratamento não são empregados o uso de medicamentos. Apenas com o uso das técnicas coordenadas é possível promover uma maior simetria corporal e alívio das pressões articulares. As sessões individuais têm duração de cerca de uma hora e podem ser semanais de acordo com a necessidade de cada pessoa”, explica Helder.
Podoposturologia também é recomendada
A podoposturologia é mais uma técnica empregada na fisioterapia para a reeducação da postura após o período gestacional. Essa técnica é originária da França e tem o objetivo de corrigir a postura através do uso de palmilhas posturais. “A utilização das palmilhas gera o equilíbrio corporal através dos neurorreceptores que são encontrados na pele sobre os músculos das plantas dos pés. Assim, causam a diminuição dos picos de pressão que ficam localizados em alguns pontos”, afirma o fisioterapeuta.
As palmilhas posturais são confeccionadas individualmente de acordo com a necessidade de cada pessoa. Assim, elas empregam um mecanismo que proporciona um equilíbrio postural melhor e que resulta em um gasto de energia menor dos músculos da coluna. “Existem três modelos de palmilhas no tratamento da Podoposturologia: básica, indicada para as correções posturais; conforto corrige a postura e são recomendadas a pacientes que têm dores nos pés, sobrepeso, sofrem com artrose nas articulações dos membros inferiores ou para quem sofre com diabetes e ainda as do tipo esportiva recomendada para esportistas para reduzir o impacto na pisada. Todas agem estimulando ou inibindo os receptores podais, o que ajuda a promover um ajuste biomec&aci rc;nico que associado à resposta do organismo, corrige as assimetrias corporais”, finaliza Montenegro.

assinatura blog photo Assinaturablog_zps14377703.png

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário ele é muito importante para mim..
Responderei assim que puder...

E não esqueça de deixar o seu link do seu cantinho para que eu visite também hein!!

Muito obrigada!!!

Volte sempre...

Beijos

Translate

Arquivo Blog

Virtuosas (os) que passaram por aqui...

Online

Virtuosa Artesanato Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados